Os Melhores Lugares Para Paquerar

Paquerar é, sem dúvida, uma atividade quase que unânime na opinião de prazer. Estar com alguém que você gosta ou que instigue a vontade de descobrir mais ao seu respeito é algo que faz o tempo correr muito mais do que deveria.

Contudo, o ambiente conta muito na hora de proporcionar uma exclusão psicológica de lugar e tempo e, por isso, exige lugares sem barulho, com privacidade e que dê ao casal total condições de paquerar.

Mas, afinal, quais são os melhores lugares para paquerar?

Parques, cinemas, bares ou danceterias. Cada lugar tem sua peculiaridade e define um perfil de paquera.

Parques costumam ser um ambiente mais tranquilo, mais familiar e, junto à natureza, propicia um relaxamento maior da mente e uma tranquilidade maior para conhecer o outro.

Já o cinema, além do escurinho que gera a intimidade, pede abraços laterais enquanto ambos assistem ao filme ou fingem que o assistem. Bares e danceterias são mais descontraídos; geralmente frequentados para quem quer mais ação e pouco papo.

Logicamente, existem diversos tipos de bares, onde sentar à mesa para tomar uma cervejinha passa a ser mais reservado e sugere uma soltura maior de ambos os lados.

Olho no olho, corpos voltados um para o outro e a total disposição em saber quem é que está por trás daquele sorriso e daquele olhar brilhante.

Paquerar não é amar, e também não é necessário se apaixonar, mas curtir um momento que, por ventura, pode vir a se tornar algo mais forte, ou não.

O importante de paquerar é curtir a outra pessoa e esquecer de todas as outras por um instante. É também se descobrir, traçar estratégias para vender sua imagem de uma maneira natural mas que, obviamente, faça a outra pessoa se interessar e querer ficar ali por mais um tempo, onde você vai tentar seduzir sua parceira.

Cada lugar um perfil

De nada adianta ser uma pessoa tranquila, que necessita de um ambiente calmo para se soltar, e buscar uma paquera em uma danceteria.

O som alto e energia do agito de todos podem atrapalhar e fazer com que sua conversa vá por água abaixo.

Assim como de nada adianta ser uma pessoa inquieta e que busca paquerar em um parque. O ambiente calmo e integrado pela natureza e famílias pode assustar aquele que tem medo de relacionamentos sérios e acaba se travando na hora de se doar à paquera.

Entretanto, “dançar conforme a música” é uma expressão muito adequada a esse tipo de situação.

Pessoas interessantes costumam migrar outras de diferentes perfis para o seu nicho, que é melhor exemplificado por aquelas pessoas agitadas que, quando se apaixonam, passam a frequentar parques e cinemas, em vez de danceterias e festas agitadas.

Tudo depende, realmente, da companhia e da disposição em mudar de ambiente para focar outro objetivo.

O melhor lugar é onde a paquera está

Enfim, diversos lugares são propícios. Além dos citados, praias, montanhas entre outras opções também podem aparecer como sugestões de ambiente para os melhores lugares para paquerar.

Porém, o mais importante é paquerar em um lugar onde ambas as pessoas se sintam à vontade para curtir o momento sem deixar com que nenhum fator externo tire o foco ou atrapalhe a comunicação entre ambas as partes.

É fundamental sentir-se bem e, se puder, trazer a riqueza e a peculiaridade de cada ambiente ao seu favor na hora de paquerar.

Afinal, paquerar é estar disposto a conhecer o outro, a se conhecer, a criar estratégias para vender sua própria imagem e exteriorizar sentimentos os quais fazem tão bem para você quanto para o outro.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *